DEVOLUTIVA PEDAGÓGICA SOBRE O ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA COM COORDENADORES ESCOLARES NA CREDE 15

  • Diva Lima Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação - CREDE 15
  • Geruza Verônica Oliveira Almeida Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação - CREDE 15
  • Antonia Vera Lúcia da Silva Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação - CREDE 15
Palavras-chave: Devolutiva Pedagógica., Coordenadores Escolares., Ensino de Língua Portuguesa., Competências Comunicativas., Leitura e Escrita.

Resumo

Este artigo descreve e reflete sobre uma devolutiva pedagógica acerca do Ensino de Língua Portuguesa na perspectiva do desenvolvimento das competências comunicativas do estudante, tendo o texto como ponto de partida e de chegada do ensino e da aprendizagem da Língua Materna. A Devolutiva Pedagógica foi realizada junto aos coordenadores escolares da CREDE 15, compreendendo-os como os principais agentes formadores dos professores em cada escola. O referencial teórico está ancorado em Geraldi (1996), Antunes (2003 e 2009) e Soares (2011). A problemática que norteou a realização da devolutiva consiste na seguinte pergunta: como deve ocorrer o ensino da Língua Portuguesa para que os alunos possam desenvolver as habilidades necessárias à constituição de competências comunicativas indispensáveis para continuar aprendendo e interagindo em sociedade de forma exitosa? Em face deste problema, elencou-se como objetivo geral estudar e refletir com os coordenadores escolares sobre o ensino da língua materna visando ao desenvolvimento das competências e habilidades sócio comunicativas dos alunos. Percebe-se que há avanços, mas, ainda, há a necessidade de estudar e refletir sobre as práticas pedagógicas referentes ao ensino de língua portuguesa, haja vista que se observam resquícios de um ensino que não contribui para uma aprendizagem efetiva da língua que são apontados, sobretudo, pelos indicadores de desempenho do SPAECE na série histórica de 2008 a 2019.

Biografia do Autor

Diva Lima, Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação - CREDE 15

Licenciada em Pedagogia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE); Licenciada em Língua Portuguesa e Inglesa pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA); Especialista em Psicomotricidade pela UECE; Especialista em Gestão e Avaliação da Educação Básica pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF); Mestra em Educação pela UECE; Professora Efetiva da Secretaria da Educação do Estado do Ceará (SEDUC-CE); Orientadora da Célula de Desenvolvimento da Escola e da Aprendizagem (CEDEA), na Coordenadoria Regional de Educação (CREDE 15).

Geruza Verônica Oliveira Almeida, Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação - CREDE 15

Licenciada em Letras Português pela Universidade Federal do Ceará (UFC); Especialista em Literatura e Produção Textual pela Faculdade do Vale do Jaguaribe (FVJ) e em Gestão Escolar e Coordenação Pedagógica pela UVA; Professora Efetiva da SEDUC-CE; Superintendente Escolar na CREDE 15.

Antonia Vera Lúcia da Silva, Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação - CREDE 15

Licenciada em Pedagogia pela UECE; Licenciada em Língua Portuguesa e Inglesa pela UVA; Especialista em Língua Portuguesa e Arte e Educação pela Universidade Regional do Cariri (URCA); Especialista em Gestão Escolar pela UFC; Mestranda em  Gestão e Avaliação da Educação Pública pela UFJF; Professora Efetiva da SEDUC-CE; Articuladora de Gestão da CREDE 15.

Referências

ANTUNES, Irandé Costa. Aula de português: encontro e interação. 8. ed. São Paulo: Parábola editorial, 2003.
______. Língua, texto e ensino: outra escola possível. São Paulo: Parábola Editorial, 2009.
BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Terceira versão, Quadro 1. Brasília: ME, 2017. p. 312. Disponível em: Disponível em http://basenacionalcomum.mec.gov.br/a-base. Acesso em: 26 jan. 2020.
CEARÁ. Secretária da Educação do Estado do Ceará. Documento Curricular Referencial do Ceará: educação infantil e ensino fundamental. Fortaleza: SEDUC, 2019.
GERALDI, João Wanderley. Linguagem e ensino: exercícios de militância e ensino. Campinas, SP: Mercado de Letras, 1996.
SOARES, M. Alfabetização e letramento. São Paulo: Contexto, 2011.
STREET, B. V. Letramentos sociais: abordagens críticas do letramento no desenvolvimento, na etnografia e na educação. Trad.: Marcos Bagno. São Paulo: Parábola Editorial, 2014. 240p. Resenhado por Ariane Alhadas Cordeiro, Universidade Federal de Juiz de Fora. Disponível em: . Acesso em: 5 jun. 2019.
Publicado
03/08/2020