COMBATENDO O PRECONCEITO CONTRA A CULTURA AFROBRASILEIRA E INDÍGENA NAS ESCOLAS PÚBLICAS DE PORANGA-CE.

  • Fernando Rodrigues Lima Centro de Referência da Assistência Social
Palavras-chave: Cultura afrobrasileira, Preconceito, Discriminação racial, Educação

Resumo

O presente artigo buscará fazer uma apreciação sobre os fundamentos legais (as leis 10.639/03 e 11.645/11) que tornam obrigatório o ensino da História e cultura afrobrasileira e indígena nas instituições educacionais, tratando de uma reflexão bibliográfica a partir de produções já existentes, que contribuem para o combate ao preconceito no âmbito escolar, fazendo um paralelo com a trajetória vivenciada nas escolas públicas municipais de Poranga por meio da execução do Projeto No Batuque das Raças: Conhecendo e Vivenciando a Arte e Cultura Afrobrasileira, abordando a função da escola e o compromisso social do educador em relação à cultura afrobrasileira e indígena, os aspectos sociais e pedagógicos no que tangem a sensibilização dos educandos na valorização da cultura desses povos, uma breve elucidação a cerca da desigualdade racial, preconceito e discriminação no ambiente escolar e por fim fazendo alguns apontamentos sobre as conquistas alcançadas e os desafios enfrentados com a implementação das ações educativas que propiciaram a abertura de novas possibilidades de compreensão, cumprindo assim seu objetivo.

Publicado
19/12/2018