DIVERSIDADE NA EDUCAÇÃO: IDENTIDADE SEXUAL E DE GÊNERO NA ESCOLA

DIVERSIDADE NA EDUCAÇÃO: IDENTIDADE SEXUAL E DE GÊNERO NA ESCOLA

  • Sílvio Estenio Rocha de Freitas
Palavras-chave: Orientação Sexual, Identidade Homossexual, Preconceito, Discriminação, Escola Pública

Resumo

A temática da diversidade sexual e de gênero tem tido uma visibilidade crescente na mídia, impelindo à escola a debater o tema e a rever padrões normativos que

produzem o modo heterossexista de perceber a sexualidade dos estudantes. O presente trabalho se interessa pela percepção de como a questão da Identidade sexual e das

diferentes sexualidades, construídas e presentes no nosso cotidiano, chegam à escola; e pretende reforçar a potencialidade da escola de promover reflexões capazes de

instigar a luta política pela igualdade e pelo respeito entre os alunos, no sentido de compreender a dinâmica da convivência enquanto fundamental para uma experiência

saudável de aprendizagem. Para isso, questiona-se a inflexibilidade e o silenciamento institucional, evidenciando ações de tolerância e aceitação entre profissionais, pais e

alunos. A presente pesquisa apresenta um resgate teórico sobre a formação da identidade sexual e de gênero na escola e suas interfaces com o preconceito contra alunos

com orientação sexual diferente da heteronormatividade. Diante disso, emerge o espaço escolar como ambiente potente para se discutir e refletir acerca de questões

relacionadas à sexualidade e gênero. E, mais do que isso, as relações entre professores e alunos têm que ir além da formação cultural, da sexualidade e das

vulnerabilidades de cada sujeito. Tem-se que compreender a orientação sexual em sua complexidade, e não buscar uma origem causal, interpretando-a de modo

preconceituoso.

Referências

ABRAMOVAY, M; CASTRO, M. G.; SILVA, L. B. Juventude e Sexualidade. Brasília: UNESCO, Brasil, 2004, 428p.

BORRILO, D. A homofobia. In: Homofobia e educação. LIONCIO, T. e DINIS, D. (orgs.). Brasília: editora UnB, 2009.
Publicado
19/12/2018