EDUCAÇÃO EM TEMPO INTEGRAL NO CEARÁ: EDUCAÇÃO PROFISSIONAL COM COMPETÊNCIA, AUTONOMIA E DISCIPLINA NO ENSINO MÉDIO

Palavras-chave: Educação em Tempo Integral. Educação Integral. Teoria da Ação Comunicativa. Sociointeracionismo. Educação profissional.

Resumo

O presente trabalho consiste em um relato de experiência vivenciada na Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) Joaquim Moreira de Sousa, no período de 25/02/2013 a 11/08/2014. O objetivo principal é entender como ocorreu o processo educacional na referida instituição de ensino à época, observando de que maneira as categorias competência, autonomia e disciplina foram responsáveis pelos excelentes resultados alcançados pelos alunos na preparação para o trabalho, na formação para a cidadania e na aprovação em concursos e exames de admissão ao ensino superior. A análise das três categorias, no âmbito do referido processo, teve como ponto de partida três questionamentos: Como diretrizes e normas de leis, de portarias e de documentos de caráter normativo como a BNCC foram determinantes na excelente qualidade do processo educacional da escola em questão? Quais atividades curriculares eram eficientes na jornada escolar da referida instituição de ensino de modo que elevaram as competências dos alunos "para resolver demandas complexas da vida cotidiana, do pleno exercício da cidadania e do mundo do trabalho" (BNCC, 2017, p.08)? Do mesmo modo, em que elas foram eficientes por terem sido desenvolvidas à luz da Teoria da Ação Comunicativa (TAC), de Habermas e da Teoria Sociointeracionista, de Vygotsky? A base teórica deste estudo foi Habermas (1982, 1990, 2012) e Vygotsky (1994).

Biografia do Autor

HERMAN WAGNER DE FREITAS REGIS, SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DO CEARÁ

Prof. Ms. Herman Wagner de Freitas Regis

Professor efetivo de Língua Portuguesa (300 horas) da SEDUC-CE;

Graduado em Letras pela Universidade Federal do Ceará (UFC);

Especialista em Psicopedagogia pela Universidade Regional do Cariri (URCA)

Mestre em Educação pela Universidade Católica de Petrópolis (UCP) /(Petrópolis, Brasil);

Doutorando em Ciências da Linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) / (Recife, Brasil);

Integrante do grupo de pesquisa Discurso, sujeito e sociedade (PPGCL, UNICAP).

Autor de 63 livros didáticos para educação básica na área de Letras e Linguística.

ORCID ID: https://orcid.org/0000-0002-6912-6627

E-mail: hermanregis18@gmail.com

Referências

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal: Centro Gráfico, 1988.
BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2017.
BRASIL. LDB: Lei de diretrizes e bases da educação nacional. – Brasília: Senado Federal, Coordenação de Edições Técnicas, 2017.
BRASIL. Plano Nacional de Educação PNE 2014-2024: Linha de Base. – Brasília, DF: Inep, 2015.
BRASIL. Portaria nº 1.144. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, n. 196, p. 23, 14 out. 2016.
BRASIL. Portaria nº 1.145. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, n. 196, p. 23, 14 out. 2016.
CEARÁ. Documento Curricular Referencial do Ceará: educação infantil e ensino fundamental / Secretaria da Educação do Estado do Ceará. - Fortaleza: SEDUC, 2019.
DELORS, J. Educação – um tesouro a descobrir. Relatório para a Unesco da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI(2001). 10.ed. São Paulo: Cortez; Brasília, DF: MEC:UNESCO, 2006.
FREITAG, B & ROUANET. Habermas. São Paulo: Ática, 1993.
GUTIERREZ, G. L.; ALMEIDA, Marco Antonio Bettine. Teoria da ação comunicativa (Habermas): estrutura, funcionamento e implicações do modelo. Veritas (Porto Alegre. Impresso), v. 58, p. 151-173, 2013.
HABERMAS, J. Teoria de la acción comunicativa: complementos y estudios previos. Madrid: Cátedra, 1982.
HABERMAS, J. Teoria do agir comunicativo, 1. trad. Paulo Astor Soethe. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2012.
HABERMAS, J. Pensamento pós-metafísico: estudos filosóficos. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1990.
MORAES, S. E. M. O currículo do diálogo. 176f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas: São Paulo,1995.
MORAES, S. E. M. Habermas e a ação comunicativa na escola. In: Nilson José Machado; Marisa Ortegoza da Cunha. (Org.). Linguagem, conhecimento, ação? Ensaios de epistemologia e didática. 1ed. São Paulo: Escrituras, 2003, v. 23, p. 55-75.
VYGOTSKY, L. S. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1994.
Publicado
14/12/2020