EDUCAÇÃO FÍSICA E FORMAÇÃO PARA SAÚDE NA ESCOLA:

realidade ou fragilidade?

  • Stela Lopes Soares Centro Universitário INTA (UNINTA).
Palavras-chave: Saúde Escolar. Educação Física e Treinamento. Currículo.

Resumo

Entende-se saúde na atualidade para além da prática regular de atividade física considerando os determinantes sociais como fator decisivo na aquisição de bem-estar. O objetivo do estudo é analisar a formação do curso de Licenciatura em Educação Física da UVA, para o ensino da saúde em ambientes escolares. Participaram da pesquisa 17 docentes do curso de Educação Física da referida instituição. A coleta de dados realizada por entrevistas. O entendimento da maioria dos participantes sobre saúde é limitado. Conclui-se que a formação em Educação Física da IES pesquisada é frágil, permitindo um conhecimento apenas parcial da saúde, passando pela aquisição de diversos fatores tais como: moradia, lazer, cultura, educação e emprego.

 

 

Referências

ALVES, Claúdia Aleixo; FIGUEIREDO, Zenólia Christina Campos. Diretrizes Curriculares para a Formação em Educação Física: camisa de força para os currículos de formação? Motrivivência, Florianópolis, v. 26, n. 43, p. 44-54, dez. 2014.

AZEVEDO, Ângela Celeste Barreto de. História da Educação Física no Brasil: currículo e formação superior. Campo Grande: Ed. UFMS, 2013.

ANDRADE, Amanda Freire de; FILHO, Elton; RODRIGUES, Carla;KALUF, Isabela de Oliveira;TAVARES, Mariana; FREITAS, Fernanda Pini de. Hábitos saudáveis: intervenções no ambiente escolar. Investigação, v. 14, n. 5, 2015. Disponível em:< http://publicacoes.unifran.br/index.php/investigacao/article/view/1084> Acesso em: 10 de out. De 2018.

BERTINI JUNIOR, Nestor; TASSONI, Elvira Cristina Martins. A Educação Física, o docente e a escola: concepções e práticas pedagógicas. Rev. bras. educ. fís. esporte, São Paulo, v. 27, n. 3, p. 467-483, set. 2013. Disponível em . Acesso em: 29 abr. 2020.

BEZERRA, Italla Maria Pinheiro; SORPRESO, Isabel Cristina Esposito. Conceitos de saúde e movimentos de promoção da saúde em busca da reorientação de práticas. J. Hum. Growth Dev. , São Paulo , v. 26, n. 1, p. 11-20, 2016 . Disponível em . Acessos em 27 nov. 2019. http://dx.doi.org/10.7322/jhgd.113709.

BRASIL. 1997b. MEC propõe mudança profunda na pedagogia brasileira. In: Jornal do MEC. Brasília: MEC, p. 3, julho de 1997.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Básica. Base nacional comum curricular. Brasília, DF, 2016. Disponível em: < http://basenacionalcomum.mec.gov.br/#/site/inicio>. Acesso em: dez. 2017.

BRUGNEROTTO, Fábio; SIMÕES, Regina. Caracterização dos currículos de formação profissional em Educação Física: um enfoque sobre saúde.Physis Revista de Saúde Coletiva. Rio de Janeiro.2009.

CASANOVA, Isis Alexandrina; MORAES, Ana Alcídia de Araújo; MORAES, Lidia Ruiz. O ensino da promoção da saúde na graduação de fonoaudiologia na cidade de São Paulo. Pro-Posições,Campinas, v. 21, n.3 (63), p. 219-234, set./dez. 2010

CARVALHO, Fabio Fortunato Brasil. Educação física e saúde coletiva: diálogo e aproximação. Corpus et Scientia, Rio de Janeiro, v.3, n.3, p. 109-126, dez. 2012.
CARVALHO, Graça Simões de;JOURDAN, Didier. Literacia em Saúde: A Importância dos Contextos Sociais. In: C.A.O.M. Júnior, A.L. Júnior & M.J. Corazza (Org.). Ensino de Ciências: múltiplas perspectivas, diferentes olhares. Curitiba: Editora CRV, 2014.

CARVALHO, Fabio Fortunato Brasil de. A saúde vai à escola: a promoção da saúde em práticas pedagógicas. Physis Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, 25 [ 4 ]: 1207-1227, 2015. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/physis/v25n4/0103-7331-physis-25-04-01207.pdf > Acesso em 20 de out. De 2019.

COSTA, Gabriela Maria Cavalcanti; CAVALCANTI, Vagner Martins; BARBOSA, Mayara Lima; CELINO, Suely Deysny de Matos; FRANÇA, Inácia Sátiro Xavier de; SOUSA, Francisco Stélio de. Promoção de saúde nas escolas na perspectiva de professores do ensino fundamental. Revista Eletrônica de Enfermagem, 15(2): 506-15, abr./jun.2013. Disponível em: . Acesso em: 10 de ago. de 2019.

COSTA, Sueli; GOMES, Paulo Henrique Mendes; ZANCUL, Marianade Senzi. Educação em saúde na escola na concepção de professores de Ciências e de Biologia. Encontro nacional de pesquisa em educação em ciências, 8., 2011, Campinas. Anais. Campinas: Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, 2011.

DENZIN, Norman K.; LINCOLN, Yvonna. A disciplina e a pratica da pesquisa qualitativa. In: DENZIN, Norman K.; LINCOLN, Yvonna (orgs). Planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. 2 ed., p. 15-41. Porto Alegre: ARTMED, 2006.

FARIAS, Gelcemar Oliveira; NASCIMENTO, Juarez. Construção da identidade profissional: metamorfoses na carreira docente em Educação Física. In: Construção da identidade profissional em Educação Física: da formação à intervenção. Florianópolis: Ed. da UDESC, 2012.

FRAGA, Alex Branco; CARVALHO, Yara Maria; GOMES, Ivan Marcelo. Políticas de formação em Educação Física e saúde coletiva.Trab. Educ. Saúde. Rio de Janeiro. v. 10 n. 3. nov., 2012. Disponível em: Acesso em: 10 de set. 2019.

GATTI, Bernadette. A. Formação inicial de professores para a educação básica: pesquisas e políticas educacionais. Estudos em Avaliação Educacional. v. 25, n. 57, p. 24 – 54, 2014.

GUIMARÃES, Claudia Cristina Pacífico de Assis; NEIRA, Marcos Garcia; VELARDI, Marília. Reflexões sobre Saúde e Educação Física Escolar: a visão dos professores. Revista Hipótese, Itapetininga, v. 1, n. 4, p. 113-138, 2015. Disponível: < http://www.gpef.fe.usp.br/teses/guimaraes_neira_velardi.pdf> Acesso em 20 de out. de 2019.

LEMOS, Lovane Maria; VERONEZ, Luiz Fernando Camargo; MORSCHBACHER; BOTH, Vilmar José. As contradições do processo de elaboração das Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos de formação em Educação Física e os movimentos de resistência à submissão ao mercado. Movimento, Porto Alegre, v. 18, n. 03, p. 27-29, jul/set. 2012.

LIMA, Jean Fortes de. Associação do nível de prática de atividade física com os indicadores de aptidão física relacionada à saúde na Educação Física escolar. Monografia de Graduação UNIJUÍ – Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul DHE – Departamento de Humanidades e Educação curso de licenciatura em Educação Física, 2012.

MARQUES, Fabíola Borel; FIGUEIREDO, Zenólia Christina Campos. Diretrizes Curriculares Nacionais e suas repercussões nos currículos de formação docente em Educação Física. Motrivivência, Florianópolis, v. 26, n. 43, p. 30-43, dez. 2014.

MEZZAROBA, Cristiano. Ampliando o olhar sobre saúde na educação física escolar: críticas e possibilidades no diálogo com o tema do meio-ambiente a partir da Saúde Coletiva. Motrivivência. Ano XXIV, Nº 38, P. 231-246 Jun./2012. Disponível em :< https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/2175-8042.2012v24n38p231/23020> Acesso em: 10 de set. 2019.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. O Desafio da Pesquisa Social. In: MINAYO, Maria Cecília de Souza. (Org.). Pesquisa Social: teoria, método e criatividade. 33º ed. Petrópolis-RJ: Vozes, 2013.

MIRANDA, Simone de. Formação inicial do professor de Educação Física. In:Congresso Nacional de Educação (EDUCERE), 11, 2013, Curitiba, Anais. Pontíficia Universidade Católica do Paraná, 2013. Disponível em: Acesso em: 10 de ago. de 2019.

MOREIRA, Antônio Flávio Barbosa. Indagações sobre currículo : currículo, conhecimento e cultura / ; organização do documento Jeanete Beauchamp, Sandra Denise Pagel, Aricélia Ribeiro do Nascimento. – Brasília : Ministério da Educação,Secretaria de Educação Básica, 48 p.,2007.

OLIVEIRA, Ellen Viviane de Sousa.; BEZERRA, Elizabeth Jatobá.Educação Física escolar e saúde: uma experiência interdisciplinar nos anos iniciais do ensino fundamental. FIEP BULLETIN, v. 82, Edição Especial, Art. 1, 2012.

OTTE, Jorge. Intervenção em Educação Física escolar: promovendo atividade física e saúde no ensino médio. Dissertação (Mestrado em Educação Física), Escola Superior de Educação Física – Universidade Federal de Pelotas. Pelotas, 2013.

SCHWINGEL, Tatiane Cristina Possel Greter; ARAÚJO, Maria Cristina Pansera de; BOFF, Eva Terezinha de Oliveira. A educação em saúde nos currículos de formação de professores. Revista Transmutare, Curitiba, v.1, n.1, p. 126-140, jan./jun. 2016.

SILVA, Raimundo Paulino da. A escola enquanto espaço de construção do conhecimento. Revista Espaço Acadêmico – n° 139, dezembro de 2012. Disponível em: Acesso em : 12 de out. de 2019.

TAZINAZZO, Karina. O lúdico com estratégia nas aulas de Educação Física. 2012. 38f. Monografia(Especialização em Educação: Métodos e Técnicas de Ensino). Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Medianeira, 2012. Disponível em: < http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/bitstream/1/4707/1/MD_EDUMTE_VII_2012_09.pdf> Acesso em ago. 2019.

VENTURA, Paulo Roberto Veloso. A Educação Física e sua constituição histórica Desvelando Ocultamentos. Tese (Doutorado) – Instituto de Educação, PUC, Goiânia-GO, 2010. Disponível em: . Acesso em: 10 jul. 2019.
Publicado
14/12/2020